Pastores brasileiros apoiam novo governo da Venezuela

Líderes religiosos se manifestaram em meio a protestos contra Nicolás Maduro

Por Redação em 24/01/2019 às 11:39:41

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, enfrenta protestos também de líderes religiosos. Pastores brasileiros aproveitaram as manifestações do movimento 23E, nesta quarta-feira (23), para declarar apoio à mudança no governo do país.

O pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC), foi um dos que se declararam contra Maduro.

- Venezuela livre já! Abaixo ditador Maduro! Que Juan Guaidó seja reconhecido mundialmente como presidente interino da Venezuela - declarou pelo Twitter.

O pastor Renato Vargens afirmou que "o mundo não pode ficar calado" diante das acusações de crimes atrelados a Maduro. Ele também criticou quem o apoia.

- Cadê os defensores dos direitos humanos defendendo o povo venezuelano das atrocidades de Maduro? Aonde estão os pastores lacradores para combater e denunciar a chacina protagonizada por Maduro? Há notícias de que o facínora Nicolás Maduro mandou matar entre 14 e 18 pessoas nessa noite. O mundo não pode ficar calado diante tamanho acinte. Ah! Mas, Gleisi e o Guilherme Boulos apoiam o canalha. Esquerda maldita - declarou.